Canônico – Durante as Guerras Clônicas, a lua de Rishi foi usada pela República como uma base avançada de monitoramento para proteger o planeta vizinho de Kamino de possíveis ataques separatistas. A base era protegida por uma tropa de clones novatos que quase foram dizimados quando uma tropa droide atacou a base. Mas, com a ajuda do Capitão Rex e do Comandante Cody, os clones venceram a luta e avisaram a frota local de um iminente ataque separatista contra Kamino.

Legends – Rishi fazia parte de um grupo de “planetas-clubes”, frequentados só por membros dos clubes e proibidos para forasteiros. Porém, Rishi já foi um importante epicentro comercial, pois facilitava a rota para viajantes que frequentavam o Labirinto de Rishi, uma nebulosa que afetava qualquer nave que tentasse cortar caminho de uma parte da galáxia para a outra.

O planeta era considerado um paraíso: montanhas geladas e altas, mas suas planícies formadas por pântanos gigantescos e bonitos. Os habitantes eram os rishiis, seres humanóides com penas que viviam nas montanhas como caçadores.

No ano 60 ABY, centenas de colonos religiosos vindos de Galand estabeleceram uma colônia no mundo. Eles faziam parte de um culto que odiava a tecnologia e idolatrava o uso de equipamentos naturais e simples. Várias comunidades isoladas foram criadas e a relação com os rishiis era amigável.

Porém, após a Batalha de Endor, a população humana cresceu rapidamente e acabou invadindo as montanhas dos rishiis, transformados em centros de mineração. Por causa da falta de um governo, o planeta virou o refúgio para vários criminosos entre eles Talon Karrde.

Fonte: Star Wars – The Essential Atlas (livro).

ABOUT THE AUTHOR

Também conhecido como "Grievous". Membro do CJSP e fanático por Star Wars desde criança.