Nome: Cargueiro Leve Corelliano YV-666.

Produção: Corporação de Engenharia Corelliana.

Afiliação: Bossk.

Frase: “O cheiro abordo era horrível. Entre peles secas de wookiees, um corpo podre na mesa de operações e o próprio cheiro fedido de Bossk, o lugar era pior que um matadouro num planeta cheio de esgotos.” – Agente Rebelde Jan Ors.

O Hound’s Tooth foi o véiculo pessoal do caçador de recompensas Bossk, um brutal trandoshano que já entrou em confronto com Han Solo e Chewbacca em várias ocasiões diferentes. Como todos os modelos do YV-666, o Hound’s Tooth possuía uma estrutura alongada para transporte pesado. Bossk modificou por completo o seu interior para uso pessoal, mas ainda possuía o design de três deques.

O deque principal continha, o quarto de Bossk, uma sala de treinamento, um depósito de armas e uma sala médica avançada. Na traseira da nave, foi estabelecida uma prisão com gaiolas protegidas por campos de força. A prisão também possuía uma sala de interrogatório, uma sala de tortura e um salão de troféus.

O deque de comando ficava acima do deque principal e era onde todos os sistemas da nave ficavam. A cabine de controle garantia a Bossk uma visão quase total de sua nave. Como segurança contra invasores, Bossk instalou várias armadilhas como minas de choque, dardos paralisantes entre outros. A nave só funcionava com reconhecimento de voz.

O deque inferior continha o núcleo da nave e outros sistemas. Era também nessa área que ficava localizada a nave de patrulha chamada “Nashtah Pup” que era lançada pela “barriga” da nave principal para missões de reconhecimento.

Mesmo tendo um tamanho muito grande, a nave era bem rápida. Com duas “asas” nas suas laterais, a nave podia fazer curvas fechadas durante uma perseguição ou fuga.

A principal arma do Hound’s Tooth era um canhão laser quad, que podia destruir a maioria das naves que caçava. Também usava um canhão de íon para capturar alvos mais importantes. Contra naves maiores, Bossk utilizava lança-mísseis. Um escudo pesado e uma blindagem poderosa, protegia a nave de qualquer ataque pesado.

Como Bossk gostava de trabalhar sozinho, ele instalou uma inteligência artificial para ajuda-lo a pilotar a nave e usar suas armas mais poderosas na hora certa. Mesmo longe da nave, Bossk podia comanda-la com um comando de voz durante alguma missão de caça.

Fonte: Star Wars – The New Essential Guide to Vehicles & Vessels (livro).

ABOUT THE AUTHOR

Também conhecido como "Grievous". Membro do CJSP e fanático por Star Wars desde criança.